• GM Rhaekyrion

Viaje Para Alemanha com a Escritora Giselle Bohn e seu Humor Intenso

Nascida e criada em São Paulo (SP), Giselle Fiorini Bohn, ou G. F. Bohn, é uma ex-professora, que alimenta uma alma de escritora voraz, corajosa e cheia de humor.


Conheci Giselle em um grupo de autoras no facebook e seu carisma é a primeira característica de destaque nessa mulher incrível.


Dona de uma personalidade ímpar e inteiramente fiel aos seus sentimentos e vivências, Giselle apostou na escrita de um jeito bem diferente do que estamos acostumados.


Existe Tempo Certo para Começar a Escrever?


Viaje Para Alemanha com a Escritora Giselle Bohn e seu Humor Intenso
Viaje Para Alemanha com a Escritora Giselle Bohn e seu Humor Intenso (Aquivo Pessoal da Autora)

Desde pequenina, Giselle alimenta sua bagagem literária avidamente. Da Turma da Mônica à clássicos da literatura nacional, a autora carregava um desejo de escrever, que nem ela mesmo tinha completa consciência disso.


Para Bohn a data exata de início não existe, em suas palavras diz: “Eu sempre escrevi, desde criança, mas nunca mostrei nada a ninguém. Na adolescência comecei a escrever letras de músicas nas bandas que tive com amigos, onde tocava baixo.”


A música foi uma das impulsionadoras em seu desenvolvimento de escrita, algo até bastante compreensível, visto que as diversas formas de arte são nada mais, nada menos, que veículos do expressar humano.


Porém, como acontece com a maioria, a escritora precisou se afastar das linhas, enfrentando um momento bastante delicado de sua vida. Além disso, sua profissão formal ocupava demasiadamente de seu tempo. Então, as palavras ficaram guardadas.

Até que, já com filhos, Giselle se mudou para a Alemanha, Langensendelbach, e em solo estrangeiro pode se dedicar inteiramente a escrita. Só que os desafios estavam só começando.


“Eu me considero uma escritora amadora, porque amador é aquele que ama”


Dentre os medos mais comuns entre os escritores, temos a tal da publicação. O que vão pensar das minhas histórias?


Os feedbacks são a razão da ansiedade diária e por esse motivo muitos de nós se guardam, receando as reações de quem lerá nossas linhas.


Nesses percalços em parágrafos, Giselle se considera uma escritora amadora, guiada pelo amor às palavras e a montar as histórias que gritam em seu interior.


Para ela, enfrentar o “ainda não estou pronta” e uma nova era digital, proporcionou uma experiencia ímpar, que a fez pensar a respeito da rentabilidade da carreira de escritor em solo nacional.


“De certo modo, eu compararia com outros tipos de artistas, como músicos, atores, pintores, dançarinos: a imensa maioria não conseguirá grande sucesso financeiro, ou sequer poderá sobreviver vivendo apenas essa sua paixão. Mas alguns poucos conseguirão.”, disse Giselle.


A Experiência que Virou Livro


Viaje Para Alemanha com a Escritora Giselle Bohn e seu Humor Intenso (Aquivo Pessoal da Autora)
Viaje Para Alemanha com a Escritora Giselle Bohn e seu Humor Intenso (Aquivo Pessoal da Autora)

Mudando-se para o outro lado do planeta, Giselle teve uma luz inspiradora. Resolveu escrever em diários o seu primeiro ano em solo alemão, percorrendo sua rotina e os “micos” proporcionados pela vida.


Sua intensão era registrar momentos incríveis vivenciados no ato de ser mãe, o quanto o crescer das crianças é único, a mudança que esses humanos pequeninos passam dentro de tão pouco tempo.


“E, finalmente, eu quis ainda mostrar que as nossas histórias, por mais bobas que possam parecer, devem ser contadas justamente porque são nossas, logo, preciosas. Quando compreendi esses motivos, finalmente consegui criar a coragem necessária para publicar não um, mas os quatro livros que formam a série “Alles Gut!” e que cobrem nossos primeiros 365 dias na Alemanha.”, disse a autora.


Entretanto, Giselle mantém uma abundância de enredos em seu coração e por essa razão escreveu seu primeiro romance de ficção, publicado em setembro de 2020, chamado “Pele Velha”, que retrata a importância da segunda chance. Assunto muito importante para a autora.


Atualmente, a escritora mantém a produção de um livro de contos e um novo romance. Será que 2021 teremos mais novidades?


Desafios de Escrever em Português fora do Brasil.


Será que existe alguma barreira linguística ao morar na Alemanha, mas escrever em português brasileiros?


Giselle chama seu cantinho germânica de paraíso e diz: “Na verdade, não muda muita coisa eu estar aqui na Alemanha. Eu trabalho sozinha, em casa, da mesma maneira que trabalharia se estivesse no Brasil. E como público de forma independente, não tenho contato com o mundo editorial alemão. Sendo bem sincera, minha casa é como um oásis brasileiro em terras germânicas: aqui se ouve, fala, escreve e lê em português!”.


As vantagens de se dedicar exclusivamente à escrita nos leva a mergulhar de cabeça em nossos projetos. É extremamente recompensador e possível, mesmo morando no Brasil.


Para Giselle o maior desafio está justamente em ser empresária, pois, queiramos ou não, nossos livros são produtos e se quisermos ser lidos, precisamos de marketing e noções básica de empreendedorismo.


O que a autora traz como facilitador desse processo é entender os motivos que estão por trás da sua escrita. Qual tipo de escritor você é? E quais razões te levam a escrever?

Toda e qualquer profissão carrega motivos e objetivos, achar os seus facilitará a jornada.


Mensagem Inspiradora de Giselle Bohn


Viaje Para Alemanha com a Escritora Giselle Bohn e seu Humor Intenso (Aquivo Pessoal da Autora)
Viaje Para Alemanha com a Escritora Giselle Bohn e seu Humor Intenso (Aquivo Pessoal da Autora)

Giselle escreve para se compreender e fazer com que os demais a compreendam. Ela considera seus pensamentos caóticos e a escrita ajuda a centralizar e organizar suas emoções.


Quem mais escreve por esse motivo? Isso mesmo, meus Criadores de Mundos, a nossa Clarisse Lispector.


A vida de um escritor não precisa ter jornada do herói, curva de fácula, técnicas e padrões estratégicos. Basta apenas sentir e é isso que os livros dessa autora trazem.


Agora, para nos despedirmos, Giselle deixou uma mensagem bem interessante aos que desejam iniciar nessa aventura envolvendo frases e viagens à outros universos.


“Por que você escreve? Descubra o seu “porquê”. Quando temos isso, fica muito mais fácil descobrir o “como”, o “quando” e o “o quê”.”.


Beijos de Fogo.


Adquira os Exemplares de G. F. Bohn e a Siga nas Redes Sociais


Livros:

Redes Sociais


22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

RECEBA AS NOVIDADES

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Twitter
  • Pinterest

© 2020-2021, criado e editado por Clara Ciríaco.

livros, escritores, dicas de escrita e escrita criativa