• GM Rhaekyrion

Resenha Ghost Story e o Segredo de um Passado Sombrio

Peter Staub é um dos maiores nomes do terror. Um escritor admirado por Stephen King e colecionador de prêmios e honrarias. Mas não vim aqui falar sobre a vida dessa mente assombrada, essas linhas se dedicam ao livro Ghost Story.


Publicado pela editora Darkside em uma versão absurdamente linda em capa e diagramação, o enredo de tremer os ossos da base foi um dos que mais coloquei expectativa.


Foram dias paquerando seu contorno antes de finalmente tê-lo nos braços e quando o fiz confesso que demorei a ler.


A espera não durou tanto assim, já que venho redigir essa resenha literária. Agora, só aviso para ler sentado, pois o assunto é impactante.


Um Livro de Terror Psicótico Recheado de Mistério


Resenha Ghost Story e o Segredo de um Passado Sombrio (Foto: GMRhaekyrion)

Ghost Story começa com uma espécie de prólogo, acompanhamos um homem adulto, que está fugindo com uma criança.


Seria um sequestrador? Provavelmente sim, mas o que sentimos ao longo daquelas linhas é uma espécie de empatia para com esse possível psicopata.


Quase romântico. Porém, garanto que é mais perverso do que aparenta e antes que possamos saber no que vai dar, passamos ao primeiro capítulo de fato da história, nos distanciando dessas duas personagens.


Para quem é um leitor fervoro de King vai perceber imediatamente a referência a sociedade Chowder, presente no último conto do livro As Quatro Estações, um dos meus favoritos. Podem imaginar minha emoção?


Ricky Hawthorne é o primeiro a se apresentar, um advogado de sucesso, casado com a mulher mais cobiçada da pequena cidade de Milburn. Um típico homem de meia idade, que atingiu a meta para aposentadoria, mas continua exercendo sua função.


Em luto pela morte de um dos amigos e membro da sociedade, ouvimos a primeira história da sociedade Chowder ou a tentativa, pois nenhum dos participantes se sente confortável em se expressar naquela noite.


É o começo da sensação sombria e tenebrosa, que nos acompanhará o livro inteiro.


Suspense e Terror Entrelaçados


Resenha Ghost Story e o Segredo de um Passado Sombrio (Foto: GMRhaekyrion)

Então, nosso Ricky, ou melhor dizendo, Frederick Hawthorne, ao lado de Sears James, John Jaffery e Lewis Benedikt, se ressentem pela morte de Edward, que fazia aniversário de um ano.


O falecimento do artista do grupo aconteceu de modo, no mínimo, estranho. Envolvendo uma atriz adolescente fascinante, por quem Edward estaria, aparentemente, apaixonado.


Acontece que existem mais segredos do que se pensa e cada membro dessa sociedade esconde seu detalhe sobre o fatídico último dia de vida de Ed e uma jovem mulher, que na época de juventude da sociedade Chowder arrematou o coração desses rapazes.


Assim é o começo da trama, nos entregando a boa e velha expectativa sobre o que diabos aconteceu no passado e o que vem deixando Ricky tão preocupado.


O Cotidiano e o Clichê


Resenha Ghost Story e o Segredo de um Passado Sombrio (Foto: GMRhaekyrion)

Está sendo desafiador escrever essa resenha, pois Ghost Story não entra na lista de livros que gostei, para mim foi mais uma espécie de frustração.


Primeiro, pela monotonia presente no cotidiano. O livro é uma imensa enrolação, para não dizer tédio. É um viver criando expectativas, que resultam em pouco ou quase nada, sendo rompida constantemente em cenas irrelevantes do dia-a-dia.


Segundo, claro, a falta de representatividade. Stella, esposa de Ricky, é a melhor personagem nessa trama e olha que há vilãs – adoro, amo –, mas quase não aparece, pois não possui destaque.


Terceiro, pelo modo enfadonho que os americanos gostam de retratar os casamentos. É sempre como uma maldição, algo ruim, mas é preciso aturar. Então pergunto: por que diabos se casou? E por qual razão se mantém casado?


É tão cansativo ler esse padrão de relacionamento hetero normativo de família tradicional, é como se não houvesse profundidade nas personagens, no modo como se relacionam. E, claro, sempre há a traição e esse é o ponto máximo que os autores chegam.


Quarto e última consideração é a questão do machismo, em vários trechos as mulheres são retratadas com objetificação e luxúria, isso as mais relevantes. As menos se resumem aos seus maridos mesmo, e filhos, caso tenham primogênitos homens.


Além disso, o clichê maior do mundo é a resposta da trama e depois de uma enorme expectativa em quase duzentas páginas, confesso que me irritei ao descobrir a verdade.

Não me levem a mal, eu gosto de clichês, mas quando bem usados, o que não acontece nesse livro.


Falta de Profundidade de Enredo


Estava discutindo no meu grupo de escrita criativa no Whats – para quem não conhece e deseja partilhar dicas e experiências, basta clicar aqui –, A Taberna do Escritor, se há necessidade de existir premissa nas histórias. Ou seja, a mensagem para levar para casa.


Particularmente acredito que um bom livro precisa ter essa mensagem, esse “ensinamento” ou “crítica”, enrolado nas entrelinhas na história, nos motivando a continuar e refletir.


Histórias sem trama profunda, que é a tal premissa, tendem a me entediar. É como se não existisse propósito, nada acontece de fato e não existe sentido.


Ghost Story é parcialmente assim, um pouco sem mensagem definida e bem paradinho, para ser sincera. Por essa razão me entediei e no meio do livro estava torcendo para que acabasse.


Tenho quase certeza de estar provocando os fãs desse escritor, mas não quero dizer que as demais obras são ruins, apenas que Ghost Story o foi para mim.


Pode não ter sido para você essa é a magia de trocar leituras. O objetivo de trazer essa resenha? É mostrar que nem sempre lemos algo que gostamos, mas sempre podemos obter ensinamentos.


Ghost Story me deixou a lição de uma escrita muito bem feita, de uma presença grande em personagens secundários e que misturar certos elementos de um mesmo gênero pode não funcionar muito bem.


Espero que tenham gostado!


Não esqueçam de deixar a opinião de vocês e de compartilhar com todos os amigos!


Beijos de Fogo.



Mar Dos Lamentos espera você. Uma ficção de tirar o fôlego, três aventuras para jamais esquecer. Adquira o seu clicando nesse link.


Não esqueça de se inscrever! Recebe as novidades da semana em primeira mão.


Se ainda não me conhece de verdade, venha descobrir meus passos no mundo da escrita no Diário do Escritor.


Mais resenhas de livros incríveis? Então venha para a Estante Literária Rhaekyrion conferir as indicações.


Conheça Escritores Nacionais e suas histórias inspiradoras acessando esse link.


Dicas de Escrita na prática, para valer e de forma didática só se vê por aqui.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

RECEBA AS NOVIDADES

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Twitter
  • Pinterest

© 2020-2021, criado e editado por Clara Ciríaco.

livros, escritores, dicas de escrita e escrita criativa