• GM Rhaekyrion

Resenha Dragões de Éter, Caçadores de Bruxas. Uma Fantasia Sombria

Para quem me conhece bem sabe que basta ter dragão no meio para me conquistar imediatamente, com o livro Dragões de Éter não foi diferente.


Em uma visita despretensiosa à livraria, desejando adquirir o material de papelaria do início do ano, passeei pelos livros sem a intensão de comprar um título novo, afinal, ainda estava presa em Ghost Story.


Segurando essa capa linda, o vendedor me perguntou se gosto de fantasia e assim indicou o primeiro volume dessa saga, falando tão bem a respeito do enredo, que não resisti em levá-lo comigo. Apesar de não ser a primeira vez em que vi o título.


Dragões de Éter e Seus Contos de Fadas Sombrios


Resenha Dragões de Éter, Caçadores de Bruxas. Uma Fantasia Sombria
Resenha Dragões de Éter, Caçadores de Bruxas. Uma Fantasia Sombria (Foto GMRhaekyrion)

Publicado pela Editora Melhoramentos e com uma capa surpreendente, o primeiro volume da saga Dragões de Éter carrega uma temática bem interessante: contos de fadas sombrios.


Iniciamos a nossa aventura com a Chapeuzinho Vermelho, ou melhor, a pobre Ariane. Bem no meio da cena clássica da avó sendo devorada – com direito a detalhes grotescos –, conhecemos a tragédia da vida de uma criança, que realmente estava caminhando na floresta sozinha.


Ainda sem ter o coração recuperado conhecemos João e Maria Hanson e como devem ter imaginado, vivenciamos o sequestro desses irmãos por uma bruxa verdadeira, causadora de um trauma irreversível e que renderá uma descoberta incrível no futuro.


Então, já bombardeados pela versão macabra dos contos de fadas vamos de fato ao que interessa: a crise política na cidade de Andreanne.


Piratas? Temos! Fadas? Temos! Trolls, anões, fênix e muita luta? Temos também!


Tudo isso regado com um golpe vingativo e um desejo ganancioso de um rapaz que acredita ser filho do famoso Capitão Gancho.


O Clássico da Fantasia com Muito Humor


O mais interessante desse livro é a apresentação de elementos típicos da fantasia com uma bagagem de vivência bem brasileira. Por exemplo, somos carregados a vivência de João e Ariane ao frequentar a escola da cidade, onde a pobre garota sofre bullying.


Também assistimos a uma peça bem do jeitinho brasileiro, que conta a história do Rei Primo e como ele venceu as bruxas em uma caçada a ferro e fogo. Lembra alguma coisa? Santa Inquisição talvez?


Falando em vilões, as personalidades malignas dessas histórias foram alvo do meu profundo amor. Confesso que torci por essas pessoas, pois a rebeldia vive dentro de mim. Você entenderá quando ler.


Além disso, temos a aventura do herói na visão do encantador Axel Branford, filho do Rei, e seu troll amigo, Muralha. Regado com muitas lutas pugilistas e um jeitinho um tanto boêmio, que o faz tão famoso junto a plebe.


Em poucas palavras, encontramos uma jornada sangrenta e cômica, incrivelmente cativante.


Uma Narração Surpreendente


Resenha Dragões de Éter, Caçadores de Bruxas. Uma Fantasia Sombria (Foto GMRhaekyrion)
Resenha Dragões de Éter, Caçadores de Bruxas. Uma Fantasia Sombria (Foto GMRhaekyrion)

Aproveitando os elogios, quero deixar meu mais valioso comentário a respeito do estilo de narrador que o escritor Raphael Draccon colocou nesse livro. Confesso que é o primeiro que leio nesse estilo e já gostei demais.


Narrada em terceira pessoa, a história é contada como se estivéssemos assistindo a uma peça. O narrador possui um carisma único, que me levou a imaginar um apresentador de circo ou um mágico. Não sei bem dizer a razão dessa associação, mas foi assim que aconteceu.


Lemos em um ritmo acelerado, incapaz de encerrar no capítulo seguinte, totalmente mergulhados nesse “filme” escrito.


Além disso, existe uma explicação bem reveladora a respeito desse narrador contador de histórias, mas não se preocupe que não darei spoiler. Só segura o coração quando for ler a última folha.


Mensagens Marcantes do Escritor


Para encerrar essa Resenha do Livro quero levar você às notas do autor, lá no finalzinho da página.


O que me acostumei em fazer, desejando me aproximar dos autores, é ler as orelhas e os agradecimentos ou notas. E a desse livro mexeu comigo.


Raphael deixa muito claro que essa obra não é dele, sendo a sua versão das lendas que ouvia quando criança, ideias que o povoavam desde a infância. “Nova Éther não foi inventada por mim”, diz o autor.


A forma como ele teve coragem de expor o que existia em seu coração, inspirado em Bruce Lee e em uma vida de dedicação ao que ama, me inspirou a seguir adiante. Porque as histórias são contadas de formas diversas, dependendo de quem a disseminará.


Perdemo-nos em tantas regras inventadas por quem se coloca no pódio de entendedor da Escrita Criativa, que esquecemos de ouvir nossas essências.


O que há de errado com o clichê? Nada! Pessoas possuem gostos diferentes e são mutáveis. Somos múltiplos demais para nos resumirmos em padrões.


"Eu poderia dizer que sim, e isso talvez facilitasse a minha vida neste momento. Mas, se ela sobreviveu [Nova Ether] ao seu descobrimento, e se ela ainda hoje pulsa e permanece viva reverberando feitos extraordinários em dimensões que o mundo material não pode alcançar, é na verdade porque você existe. E sonha com ela. E sonha conosco. E faz sonhar com você.", palavras de Raphael Draccon


É isso!


Beijos de Fogo.


Resenha Dragões de Éter, Caçadores de Bruxas. Uma Fantasia Sombria (Foto GMRhaekyrion)
Resenha Dragões de Éter, Caçadores de Bruxas. Uma Fantasia Sombria (Foto GMRhaekyrion)

Mar Dos Lamentos espera você. Uma ficção de tirar o fôlego, três aventuras para jamais esquecer. Adquira o seu clicando nesse link.


Não esqueça de se inscrever! Recebe as novidades da semana em primeira mão.


Se ainda não me conhece de verdade, venha descobrir meus passos no mundo da escrita no Diário do Escritor.


Mais resenhas de livros incríveis? Então venha para a Estante Literária Rhaekyrion conferir as indicações.


Conheça Escritores Nacionais e suas histórias inspiradoras acessando esse link.


Dicas de Escrita na prática, para valer e de forma didática só se vê por aqui.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

RECEBA AS NOVIDADES

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Twitter
  • Pinterest

© 2020-2021, criado e editado por Clara Ciríaco.

livros, escritores, dicas de escrita e escrita criativa