• GM Rhaekyrion

Fantasia Nacional nas Mãos do Escritor Vitor Morais

Olá, Criadores de Mundos! O ano já começou bem agitado e cheio de novidades aqui nesse blog draconesco. E não podia faltar a primeira entrevista de 2021 ser de um escritor nacional.


Vitor Morais é quase um conterrâneo, já que somos nordestinos, mas suas raízes surgiram em Fortaleza, Ceará, uma das cidades mais lindas e quentes desse país tão grande.


Uma alma motivadora, que tive o prazer de conhecer ao longo dessa jornada de viver de escrever e para saberem mais sobre esse autor de literatura fantástica, vamos mergulhar nos seus relatos.


Música e Escrita Costumam Caminhar Juntas


Fantasia Nacional nas Mãos do Escritor Vitor Morais
Fantasia Nacional nas Mãos do Escritor Vitor Morais (Foto do Arquivo do Autor)

Vitor Morais teve um despertar para a escrita bem diferente do que venho apresentado aqui. Saindo das composições musicais e poemas, os quais escrevia desde os 14 anos, Vitor pensou que sua alma de escritor estivesse adormecida.


Entretanto, apesar dos percalços da vida, em 2019, algo o levou a começar a postar fragmentos de suas histórias no seu perfil do Instagram. Bastou abrir essa frestinha literária para nunca mais parar.


Em 2020 recebeu um convite para uma postagem de conto em um site e desse desafio surgiu o típico estalo do escritor. Uma cutucada da inspiração o levou aos primeiros passos da construção do seu mundo: as terras de Arkrán e os reinos solares.


Então, para quem vem acostumado a ouvir que o escritor praticamente nasce assim, vem uma história bem diferente e mesmo tendo a marca da escrita na alma, Vitor iniciou com música e ritmo.


Escritor Profissional e Carreira Literária


Fantasia Nacional nas Mãos do Escritor Vitor Morais (Foto do Arquivo do Autor)
Fantasia Nacional nas Mãos do Escritor Vitor Morais (Foto do Arquivo do Autor)

Ao ser questionado a respeito de se considerar um escritor profissional, Vitor afirma que ainda não se considera nesse parâmetro, mas sua dedicação a escrita é diária. Sempre buscando se aperfeiçoar ao trocar experiências com outros autores de fantasia nacional.


Existe uma espécie de barreira invisível que impede muitos escritores de se considerarem como tal, alguns preferem dizer que escrevem como lazer e uma dezena de contornos semelhantes.


Porém, escritor é quem exerce a arte de escrever e mesmo assumindo um emprego formal como guarda patrimonial, Vitor continuará sendo um verdadeiro escritor.


Nesse mundo de carreira e profissão, o autor possui uma visão muito positiva no que diz respeito a rentabilidade de viver de literatura no Brasil.


“O público leitor tem crescido bastante e apesar do mercado editorial ser muito instável, atualmente vem surgindo outras mídias e com elas muitas oportunidades de publicar de forma independente, temos também a possibilidade de obter financiamento coletivo e divulgar nosso trabalho através das redes sociais”, disse o autor.


Divulgação Digital e Os Desafios da Escrita


Fantasia Nacional nas Mãos do Escritor Vitor Morais (Foto do Arquivo do Autor)
Fantasia Nacional nas Mãos do Escritor Vitor Morais (Foto do Arquivo do Autor)

Aproveitando a deixa das mídias digitais, passamos por um gradativo processo de profissionalismo digital, seja ele oriundo do meio artístico ou não. A pandemia veio só acentuar esse fato.


Vivemos a era digital e não podia deixar de falar dos livros e-book e as publicações em plataforma online, tais quais o Wattpad e o próprio Instagram.


Para Vitor, a possibilidade de se inserir no mundo online se tornou uma oportunidade para escritores. O baixo custo dos e-books e a distribuição sem fronteiras e quase em tempo real proporciona um maior impacto no publico leitor, ocorrido de forma quase direta e totalmente sem fronteiras.


Porém, a vida online pode ser desafiadora para muitos. Afinal, saber lidar com marketing, conseguir se divulgar e montar um publico causa certo desespero. Coisa que não atingiu Vitor diretamente.


Esse autor fantástico participou de sua primeira antologia em 2020, uma proposta de fantasia sombria, a qual encarou o desafio do projeto e seu resultado foi positivo.


Antologias e concursos literários são oportunidades maravilhosas de conseguir uma publicação e se inserir no mercado com certo peso. Afinal, os editais costumam ser bem exigentes e o treino de participar dessas regras nos faz crescer bastante quanto autor.


Barreiras Limitantes na Vida de Escritor


Fantasia Nacional nas Mãos do Escritor Vitor Morais (Foto do Arquivo do Autor)
Fantasia Nacional nas Mãos do Escritor Vitor Morais (Foto do Arquivo do Autor)

Como dito anteriormente, Vitor Morais possui um emprego formal e muitas das vezes os escritores exercem outra ocupação para conseguir pagar as contas.


Não é fácil viver da arte em um país que pouco valoriza a cultura, mesmo com o crescente mercado leitor atual. Afinal, os lucros de um escritor tradicional são baixos e para atingir impacto relevante é preciso vender absurdos, o que demanda tempo.


Sendo assim, precisando dividir a atenção, Vitor sofre do mesmo mal que a maioria dos brasileiros: a falta de tempo e dinheiro para investir na carreira que deseja, da forma que o apraz.


Porém, a sua motivação consegue carregá-lo no dorso, pois se inspira na história de um escritor com o trajeto parecido com o seu.


“Eu sou um fã incondicional de fantasia, particularmente do personagem Conan, o Bárbaro do Robert E Howard. Howard era autodidata, morou em uma cidade do no interior do Texas e suas histórias ganharam o mundo, isso me motiva a acreditar que minhas histórias também possam ser reconhecidas um dia”, disse o autor.


Escrevendo Mundos Fantásticos


Fantasia Nacional nas Mãos do Escritor Vitor Morais (Foto do Arquivo do Autor)
Fantasia Nacional nas Mãos do Escritor Vitor Morais (Foto do Arquivo do Autor)

Agora vamos ao que interessa: os trabalhos de Vitor Morais!


Atualmente o autor possui três contos publicados no Wattpad, são eles: A Maldição de Nammu, As Espadas de Kimsha e As Viagens de Belenof.


Além disso, possui um conto publicado na antologia “Setenário Sombrio, Estranhos Contos Transeuntes”, o Lua Negra, que já está disponível em e-book Amazon para compra e há uma pretensão de físico ainda para ser confirmada.


Para 2021 Vitor deseja dar continuidade a esse projeto em uma publicação de compilados de contos voltados ao seu universo fantástico, tento título declarado como Contos de Arkrán.


E para quem deseja conhecer um pouco sobre o trabalho do autor, deixarei suas redes sociais no final da matéria. Vale a pena conferir cada linha, pois uma das características mais chamativas em seus enredos é a representatividade e a presença de personagens marcantes.


Por fim, Vitor deixa uma linda mensagem para os futuros escritores brasileiros e eu assino embaixo, pois os sonhos são reais e possíveis!


“Nunca desista dos seus sonhos! se você realmente deseja ser um escritor, se dedique, você precisa acreditar nas suas histórias, deposite energia e vontade naquilo que escreve para que se torne algo genuíno. Meus escritos por exemplo, são provenientes do coração indomável de um leitor apaixonado pela literatura Fantástica e pelo subgênero espada e feitiçaria.”, declara Vitor em entrevista.


Espero que tenham gostado!


Para quem deseja acompanhar o autor nas mídias sociais é só clicar:

  1. Instagram Literário

  2. Perfil Wattpad

  3. E-book Amazon

Até a próxima!


Beijos de Fogo.

202 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

RECEBA AS NOVIDADES

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Twitter
  • Pinterest

© 2020-2021, criado e editado por Clara Ciríaco.

livros, escritores, dicas de escrita e escrita criativa