• GM Rhaekyrion

Escrever: O Que Me Levou A Entrar Nesse Universo

Atualizado: 15 de Set de 2020

Querido diário, hoje volto 13 anos ano passado – sim, estou ficando velha – para contar aos criadores de mundos que visitam essas páginas, como ingressei no universo da escrita. É um pouco dramático, muito clichê – ou não, será? – mas é a minha história. Preparados? Espero que sim.


Talvez seja uma das perguntas mais frequente para um escritor: quando começou a escrever?


O início da minha “carreira” foi bem diferente das histórias que já ouvi sobre alguns escritores que admiro e, acredito, um pouco parecida com alguns escritores mais atuais. Quem me conhece sabe o quanto amo animes e desenhos animados e foi justamente com eles que comecei meus primeiros passos no mundo da escrita.


Eu tinha 13 anos quando mergulhei nas fanfics. Conheci esse universo através de uma amiga de escola, que lia fics de uma banda que ela gostava muito e me mostrou vários sites, onde essas histórias eram postadas. Quando entendi que fanfic é um enredo alternativo de uma obra já criada, comecei a pesquisar sites que tinham fics dos animes que gostava.


As Fanfics foram meus primeiros "Livros"


Escrever: O Que Me Levou A Entrar Nesse Universo (Foto: GMRhaekyrion)

Foi assim que achei o antigo Anime Spirit – hoje é Spirit Fanfic – e logo de cara me encantei pela plataforma, pois se tratava de uma pequena rede social voltada para o mundo Geek. Então, tinham gamers, tinham escritores de fanfics, tinham clãs, tinha RPG e tudo que uma adolescente fascinada por fantasia adora.


Já sabem no que deu, não é? Fiz uma conta, comecei a fuçar o site e sem pensar duas vezes, pesquisei as fanfics dos animes que eu gostava. No começo lia de tudo, passeava por várias obras, vários escritores e tinha uma lista farta de história que acompanhava. Porém, não me sentia satisfeita, eu queria mais do que esperar um capítulo por semana, queria viver naqueles mundos.


Então, comecei a imaginar cenas de um enredo alternativo para o anime que estava assistinfo, que na época foi Inu Yasha. Existiam vários pontos que não concordava e queria mudar, ficava imaginando como seria se tal situação existisse, ou se outra não existisse; eu queria viver naquele mundo, ser um daqueles personagens e foi assim que comecei a escrever, pensando em me inserir nesse enredo que tanto me apaixonava.


Mas, Gabi, você já queria ser escritora nessa época? De forma alguma! Não tinha a menor noção sobre a carreira e não a ambicionava. Meu único desejo era partilhar esse sentimento mágico de viver em um mundo fantástico, desbravando e me enfiando em aventuras, onde encontraria um grupo de amigos e o amor da minha vida – porque a gente adora uma ação, mas tem que ter aquele romance para apimentar


Depois da minha primeira fanfic, nunca mais parei de escrever.


Beijos de fogo.

80 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

RECEBA AS NOVIDADES

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Twitter
  • Pinterest

© 2020, criado e editado por Clara Ciríaco.

livros, escritores, dicas de escrita e escrita criativa