• GM Rhaekyrion

Entenda a Diferença de um Escritor Profissional para um Amador?

Atualizado: 18 de Set de 2020

Diferenciar um escritor que segue uma carreira profissional na área, para alguém que escreve por diversão é uma tarefa muito difícil.


Principalmente devido a falta de orientação que temos para entender como funciona boa parte das profissões em nosso país. Chegar à conclusão de que ser escritor é a carreira desejada pode ser bastante controverso, difícil e até nunca alcançada.


O problema está em nosso sistema de ensino, mas podemos driblar esse método utilizando a astúcia e, claro, apoiando uns aos outros.


O que fazer para ser um Escritor Profissional?

livro e escritor profissional
Entenda a Diferença de um Escritor Profissional para um Amador? (Foto: Pinterest)

Posso dizer a você que a resposta nunca será única e retilínea. Acontece que o processo de amadurecimento da escrita se dá à medida que se escreve mais. Independente do gênero, um bom escritor não tem só o dom, às vezes nem precisa ter dom, mas sim com a persistência e o treino. Entretanto, vivemos em um mundo capitalista e precisamos de dinheiro para viver.


Se você sente paixão por escrever e deseja que isso seja mais do que apenas um amor diante da tela ou do caderno e se torne a sua fonte de renda, você precisará sair do mundo dos sonhos para entrar no mundo da razão. O que seria isso?


Para começar, é muito importante que faça uma pequena lista sobre o tamanho do seu sonho e até onde você quer chegar.


Todo projeto se inicia com planejamento e a carreira de escritor não é diferente de uma planta baixa para a construção de um prédio.


Então, antes de mergulhar de cabeça nas publicações informais e sair distribuindo contos e livros em sites e plataformas de escrita, se pergunte:


  1. Qual meu gênero literário?

  2. Qual o meu público alvo?

  3. Quantas pessoas desejo alcançar e em quanto tempo?

  4. Qual estilo de publicação desejo?

  5. Quanto desejo ganhar mensalmente?

  6. Quando desejo começar a ganhar pelas minhas obras?


São perguntas bem complexas e difíceis de responder, mas não precisa se desesperar. Comece bem do início, quando você está com a ideia na cabeça, ou quando você já rascunhou algumas coisas. Leia aquilo que escreveu e se pergunte: Que estilo de leitura é essa?


Quando saber qual o gênero que escreve, descobrir qual seu público alvo e como chegar nele se tornar um pouquinho mais fácil.


Oficinas Literárias e Cursos de Escrita Criativa ajudam na formação do Escritor


livro e escritor profissional
Entenda a Diferença de um Escritor Profissional para um Amador (oficinadeescrita.com.br)

Mas antes de nos despedirmos, existem outra coisa que ajuda muito um escritor iniciante e essa são as oficinas literárias e os cursos de escrita criativa. Porém, tenha cuidado com as pessoas que desejam apenas ganhar dinheiro em cima de você.


Analise friamente os proporcionadores desses cursos, não se ludibriem com as palavras floreadas e os prêmios exibidos. Tudo isso envolve técnicas de escrita e marketing para pescar pessoas como você, que está sendo corroído (a) pelo desespero e deseja realizar seus sonhos depressa.


Então, acredite em si e seja muito cauteloso (a) na hora de escolher seus mentores e professores. Faça uma busca de opiniões no google, converse com alguém que já fez o curso, para ponderar se realmente vale a pena desprender tempo e dinheiro naquela empresa.


Uma dica é o curso do Precisava Escrever, ele trás muitas novidades tecnológicas do mercado e atrela o empreendedorismo digital com a carreira de Escritor. Outra dica é investir em livros de técnicas de escrita, são ótimos em nortear sua vida nessa nova carreira e agregam muito conhecimento útil e essencial.


Por hoje é isso. Não deixe de se inscrever para receber as novidades.


Beijos de Fogo

Posts recentes

Ver tudo