• GM Rhaekyrion

5 Dicas Infalíveis para Escrever Livros de Drama Surpreendentes

Drama... um estilo de escrita bastante oprimido por quem adora uma agitação, mas ressaltado pelos corações sensíveis. Entre amor e ódio, os escritores de drama seguem travando uma batalha bem simples: todo drama é dramático?


Para quem ainda não conferiu a matéria de Gêneros Literários, convido a visitar o conteúdo, pois o drama é o berço da estruturação das técnicas de escrita e o responsável por uma reviravolta no estilo literário da antiguidade.


Agora, depois de ter lido a caracterização dos gêneros, vamos ao que interessa: escrever drama.


Sendo o principal elemento para a construção de boas histórias, o drama carrega um peso de elaboração de enredo com base nas tragédias da vida real.


Quem aposta em uma boa estruturação dramática consegue alcançar intensidade maiores de histórias, mesmo que você não seja um escritor de drama.


Então, para facilitar trouxe as 5 dicas mais marcantes e ainda um elemento surpresa.


O Drama Carrega a Tragédia desde a Grécia Antiga


Para entender verdadeiramente o drama é preciso saber sobre a sua história, que veio da Grécia antiga, onde a tragédia inspirou a mudança como a literatura era apresentada.


Despindo as camadas de técnicas presentes nesse gênero, vamos aos principais pilares.


Dica 1: Livros de Drama Possuem Bom Domínio dos Aspectos Socioculturais


livro, escritor, dicas de escrita, escrita criativa
5 Dicas Infalíveis para Escrever Livros de Drama Surpreendentes (Foto: Filme Extraordinário)

Dentro o gênero narrativo do tipo fantástico indico o estudo da cultura para a construção de novos universos e o faço pelo simples fato de que entender a formação social ajuda a compreender boa parte do comportamento humano.


E o drama nada mais é do que a junção do olhar individual perante ao conjunto de influência social e cultura presentes ao longo da vida.


Todos nós possuímos dois tipos de comportamento: aquele que adquirimos do ensinamento parental – ou ausência dele – e o que construímos através das nossas experiências.


Boa parte do “aprendizado” que adquirimos ao longo da vida depende diretamente do tipo de formação social que estamos inseridos.


O ser humano possui uma complexidade de relações em bando, estudar a evolução dessas relações ajuda a construir boas estruturações emocionais na sua história.


Dica 2: Desenvolvimento de Traumas Coerentes


livro, escritor, dicas de escrita, escrita criativa
5 Dicas Infalíveis para Escrever Livros de Drama Surpreendentes (Foto: Filme A Garota Dinamarqueza)

Engatando nessa construção sociocultural, temos a construção dos traumas. Dependo de como somos inseridos na vida, a forma de encararmos as situações, podem gerar marcar emocionais eternas. Ou seja, os traumas.


Qualquer indivíduo possui sua parcela de traumas, sejam eles bem resolvidos ou não. Esses tipos de marcas psicoemocionais proporcionam o surgimento da empatia.


Já ouviu falar que o sofrimento une as pessoas? É mais ou menos essa teoria, pois nosso objetivo como escritor é trazer o leitor para o interior da sua personagem e essa ligação acontece por meio da empatia.


Aproximar o leitor da vida da sua personagem causa mais aderência de leitura.


Dica 3: Estude Psicologia Humana


livro, escritor, dicas de escrita, escrita criativa
5 Dicas Infalíveis para Escrever Livros de Drama Surpreendentes (Foto: Filme A Favorita)

Já emendando a importância do trauma, vamos ao ensinamento mais importante da construção de uma personagem: psicologia humana.


A história, a sociologia, a filosofia e a psicologia são as matérias base na vida de um escritor. São quatro pilares que se completam intimamente.


Do mesmo modo que a matemática existe em seu mar de leis, o entendimento do comportamento precisa de algumas “fórmulas” explicativas.


Documentários, livros, teorias, artigos, não importa, apenes comece. Entender os pormenores por trás de um comportamento impulsivo, por exemplo, te fará construir personagens mais reais e firmes.


Construindo personalidades fidedignas, a tal empatia é ativada imediatamente. As pessoas se identificam com “histórias reais”.


Dicas 4: Desenvolva suas Personagens Gradualmente


livro, escritor, dicas de escrita, escrita criativa
5 Dicas Infalíveis para Escrever Livros de Drama Surpreendentes (Foto: Filme Hoje Eu Quero Voltar Sozinho)

Livros de drama possuem o foco na vida e psicologia das personagens, então, não tema em mostrar as camadas dessas “pessoas” de forma gradual.


Apresente de forma leve, aos poucos, quase em cortejo com o seu leitor. Mostrando as diversas faces da sua protagonista, por exemplo, ao longo das cenas importantes da trama.


Independente de quais aspectos a mais terá seu enredo, o drama carrega uma forte presença do intelecto da sua personagem, então pode colocar pensamentos e reflexões.


Dica 5: Foque na Premissa


livro, escrita, dicas de escrita, escrita criativa
5 Dicas Infalíveis para Escrever Livros de Drama Surpreendentes (Foto: Filme Histórias Cruzadas)

Acredito que de todas as técnicas de escrita existentes, o drama exige fortemente a presença clara da premissa na história.


Como consigo exibir a premissa no meu enredo? Vamos ao exemplo.


Digamos que temos a premissa de criticar do machismo e para isso construo personagens que combatem os comportamentos típicos do machismo.


Então, a cada capítulo posso apresentar uma mulher em posição comumente ocupada por um homem, ou uma mulher tomando as principais decisões de um país. Assim, a cada capítulo, faço uma espécie de ressalva dessa crítica que escolhi.


Livro de drama exigem fortemente o uso desse aspecto, que tenha a presença da crítica da premissa em cada momento chave da sua história.


Lógico, é importante ter a sua premissa, ou suas premissas, clara, evitando assim de se perder ao logo do enredo ou colocar um significado diferente por cima.


Importância da Dramaturgia para a Vida de um Escritor


Comecei essa matéria relembrando a importância de entender o nascimento da tragédia na Grécia antiga, não foi atoa que pedi para acessarem o conteúdo.


Os gregos antigos construíram o que se chama dramaturgia, envolvendo roteiros e textos voltados à atuação em teatros, sempre existindo uma mensagem de cunho ético no final dos enredos, com a presença de um herói.


Foi desse nascimento que as primeiras técnicas de escrita foram montadas, desenvolvidas e aperfeiçoadas para o que hoje chamamos de Escrita Criativa.


A dramaturgia até hoje usada nos cinemas é o berço de estudo de um bom escritor. Não existe técnicas literárias sem a dramaturgia e é por isso que esse gênero foi o último da lista, mas não o menos importante.


O drama nascer da tragédia grega e é um dos gêneros literários mais antigos e usados pela humanidade. É o responsável pela aderência de leitura e despertar da empatia.


E é assim que vamos nos despedir dos gêneros literários e começar de ver na mundo da Escrita Criativa.


Para me despedir, deixo o trailer de um do filmes brasileiros mais incríveis que já vi.


Espero que tenham gostado!


Beijos de Fogo.



Gostou do conteúdo? Então, me conte aqui embaixo qual o mair desafio para escrever um livro de drama.


Não esqueça de se inscever no blog! Vamos entrar de cabeça no mundo da Escrita Criativa e você não pode perder essa sequência incrível.


Se você ama RPG e quer se divertir em um ambiente voltado para mulheres e representatividade? Então acesse esse link.

Posts recentes

Ver tudo